CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Santa Cruz perde de virada para o Paysandu e despenca na Série B


As vaias ecoadas das arquibancadas da Arena de Pernambuco resumiram o resultado frustrante do Santa Cruz. Com uma atuação apática, perdeu de virada para o Paysandu/PA pelo placar de 2x1, na noite desta terça-feira, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com a derrota como mandante e há três jogos sem vencer, os corais caíram três posições e agora ocupam a 15ª colocação, com 23 pontos. A próxima batalha será contra o Juventude/RS, no sábado (5), no estádio Alfredo Jaconi.

Se tivesse que ter um vencedor no primeiro tempo, seria o Papão. Mas no futebol o que vale é bola na rede. E o Santa foi mais eficiente que o adversário. As melhores oportunidades, três ao todo, foram dos visitantes, mas a superioridade dentro de campo não foi transformada em gol. Os pernambucanos encontraram dificuldades para armar as jogadas e construir lances de perigo, porém ficaram em vantagem no placar ao aproveitar uma única chance.


Aos 36 minutos, André Luís cruzou na área, Ricardo Bueno cabeceou e a bola tocou no braço de Peri. O árbitro, sem pensar duas vezes, marcou a penalidade. Bueno bateu rasteiro no cantinho direito, o goleiro Emerson ainda acertou o lado, mas a cobrança foi com muita categoria, deixando os tricolores na frente para o alívio da torcida.


A etapa complementar começou eletrizante. Logo aos três minutos, o Paysandu chegou ao empate após uma cobrança de falta perfeita do lateral direito Ayrton. Da entrada da área, mandou a bola no ângulo esquerdo do goleiro Júlio César. A situação do Santa Cruz já não era boa e piorou mais ainda com a expulsão do camisa 1, que derrubou Magno e recebeu o cartão vermelho direto.

Com um jogador a menos, o técnico Givanildo Oliveira foi obrigado a mudar: colocou o goleiro Jacsson no lugar do atacante Bruno Paulo e acionou Nininho na vaga de Alex Travassos. A desvantagem numérica em campo forçou o tricolor a recuar. Já os paraenses, com o domínio do jogo, pressionaram em busca da virada. Depois de tanto insistir, a equipe de Belém passou à frente do placar nos minutos finais. Aos 41, Bérgson recebeu uma excelente bola de Anselmo e estufou as redes adversárias, decretando a vitória por 2x1.

Ficha do jogo 
Santa Cruz 1

Júlio César; Alex Travassos (Nininho), Anderson Salles, Bruno Silva e Tiago Costa; João Ananias, Derley e Thiago Primão; André Luís (Augusto), Ricardo Bueno e Bruno Paulo (Jacsson). Técnico: Givanildo Oliveira.
Paysandu 2
Emerson; Aryton, Perema, Gualberto e Peri; Nando Carandina (Wellinton Júnior), Renato Augusto e Rodrigo (Augusto Recife); Magno (Fábio), Anselmo e Bérgson. Técnico: Marquinhos Santos.

Local: Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata/PE
Horário: 20h30
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB)
Assistentes: Oberto da Silva Santose Kildenn Tadeu Morais de Lucena (ambos da PB)
Cartões amarelos: Alex Travassos, Bruno Silva e Derley (S); Peri, Nando Carandina, Wellinton Junior, Magno e Fábio (P)
Cartão vermelho: Júlio César (S)
Gols: Ricardo Bueno (aos 37 do 1T); Ayrton (aos 3 do 2T) e Bérgson (aos 41 do 2T).
Público e Renda: não divulgado 


Fonte: FolhaPE/Esportes