CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Moradora faz desabafo no facebook sobre suposto mal atendimento no Hospital Municipal de Petrolândia


Em um texto postado nessa segunda-feira (21) no seu perfil no facebook, a senhora Luciana Gleide faz um desabafo sobre o suposto mal atendimento e descaso de um médico dirigido a ela no Hospital Municipal de Petrolândia-PE.


"É apenas um desabafo
Muita tristeza, sem sentido para seguir em frente.
Já faz algum tempo que venho passando por um grande sofrimento, problemas de saúde que está me deixando muito fragilizada,a uns cinco meses fiz uma ultrassonografia e descobrir que tenho pedra na vesícula, não fiquei preocupada por ser tão comum, mas não imaginei que o pior estava por vir. 
Gente eu me encontro agora extremamente angustiada,cheguei a conclusão que nós pobres financeiramente não temos valor de absolutamente NADA,fiz uma consulta com um cirurgião do hospital municipal da cidade de Petrolândia, o mesmo me solicitou os exames para marcação da cirurgia, isso me causou grande expectativa, fiz até alguns exames particular para ser mais rápido, pois a mais de um ano venho tendo grande piora,até que cheguei ao ponto de perder 19 kg, e praticamente parar de comer,segundo os médicos isso ocorre por causa dessas pedras na vesícula. 
Em fim,quando retorno ao cirurgião com o resultado dos exames ele mal olhou os mesmos e falou pra mim que não iria marcar minha cirurgia porquê não havia vaga,mesmo eu falando pra ele que não estava mais conseguindo me alimentar e sentindo fortes dores diariamente, ele simplesmente disse pra eu voltar no próximo mês pra ver uma possível data pra marcar a bendita cirurgia. 
É doloroso saber que minha vida está nas mãos de outro ser humano que não tem a mínima compaixão para com o próximo, sei que não sou primeira nessa situação e infelizmente não sou à última. Hoje me encontro quase debilitada,fraca e mal consigo trabalhar,já me sinto com forte depressão, uma grande fraqueza física e mental por conta de transtornos que venho sofrendo pela doença, é tudo muito devastador. Bom, temos Deus por nós. 
Não é fácil você praticamente nascer e crescer em uma cidade e de repente se encontrar nessa situação desesperadora e não ter a quem recorrer. Não direi que estou revoltada, porque revoltado estava aquele médico quando resolveu ignorar tudo que falei pra ele, uma vez que estava no controle da situação e não se compadeceu como ser humano e menos como profissional''.

Lembrando que o blog Petrolândia Notícias abre também um espaço caso a direção da unidade municipal de saúde, queira se manifestar.

Redação do Blog Petrolândia Notícias
Informações e texto do perfil de Luciana Gleide