CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

SENHORINHA GÁS

SENHORINHA GÁS
O GÁS MAIS BARATO DA CIDADE

LOJA D' BRUM

LOJA D' BRUM

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES
CIRURGIÃO DENTISTA DR. FÁBIO LOPES

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

LANCHONETE PATRIOTA

LANCHONETE PATRIOTA

NEGUINHA SALGADOS

NEGUINHA SALGADOS

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

DR. ÉRICO HEBERT

DR. ÉRICO HEBERT

DR. JEFFERSON TÉCIO

DR. JEFFERSON TÉCIO

FRIGORÍFICO JB

quarta-feira, 5 de julho de 2017

CNH vencida poderá ser usada como documento de identificação

A partir de agora, está autorizado o uso da carteira Nacional de Habilitação (CNH), mesmo vencida, como documento de identificação pessoal. O comunicado foi divulgado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aos órgãos competentes na última quinta-feira (29.07).

Numa reunião do Conselho, ficou definido que a validade do documento só tem referência com o prazo de vigência do teste de aptidão física e mental. Ou seja, para dirigir. Assim, a CNH seguirá sendo utilizada como RG para atestar os dados do condutor mesmo após a validade para dirigir tenha passado do prazo.

Código de trânsito

O motorista tem permissão para dirigir até 30 dias após expirar a data de validade da CNH, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Caso extrapole este prazo, o condutor será notificado com sete pontos e cometerá infração gravíssima, sendo obrigado a pagar R$ 293,47.