CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

SENHORINHA GÁS

SENHORINHA GÁS
O GÁS MAIS BARATO DA CIDADE

LOJA D' BRUM

LOJA D' BRUM

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES
CIRURGIÃO DENTISTA DR. FÁBIO LOPES

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

LANCHONETE PATRIOTA

LANCHONETE PATRIOTA

NEGUINHA SALGADOS

NEGUINHA SALGADOS

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

DR. ÉRICO HEBERT

DR. ÉRICO HEBERT

DR. JEFFERSON TÉCIO

DR. JEFFERSON TÉCIO

FRIGORÍFICO JB

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Prazo final para declarar a vacinação contra a febre aftosa termina nesta quinta-feira


O prazo para vacinar os bovinos e bubalinos contra a febre aftosa terminou no último dia 31 de maio, mas o prazo final para declarar a vacina contra a febre aftosa termina nesta quinta-feira, 15 de junho, em todo o estado. Nos municípios que decretarem feriado nesta data, os pecuaristas poderão declarar normalmente no dia 16.  A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro) espera ainda 19.667 produtores de bovinos para fazer a declaração. Quem ainda não declarou precisa procurar o escritório da Adagro onde sua ficha cadastral é movimentada para se regularizar, munido com a nota fiscal da vacina e CPF em mãos. No ato, o agricultor irá realizar a sua atualização cadastral, inclusive com o detalhamento do seu rebanho por sexo e idade.

Aquele agricultor que não procurar a Adagro para fazer a sua declaração ficará sujeito a multa de no mínimo R$ 60,00, fica impedido de retirar a Guia de Trânsito Animal - GTA, tem a propriedade interditada e fica impedido de participar das linhas de crédito do governo, como por exemplo a compra do milho na Conab e empréstimos no banco do nordeste, pois para receber esses incentivos é necessário que o criador apresente uma declaração da Adagro.  

FEBRE AFTOSA

A febre aftosa é uma doença viral altamente infeciosa que acomete os animais que possuem casco fendido. Sua ocorrência representa veto a mercados importantes e, consequentemente, prejuízos econômicos para o setor, por isso a importância de proteger o rebanho da doença por meio da vacinação. A imunização ocorre em duas etapas, uma em maio e outra em novembro.

Via PE Notícias