CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

LOJA FRANCK ELETRO

LOJA FRANCK ELETRO

DRA. ANA CLÁUDIA XAVIER - FISIOTERAPEUTA

DRA. ANA CLÁUDIA XAVIER - FISIOTERAPEUTA

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

Italínea

Italínea
BREVE EM PETROLÂNDIA

PANIFICADORA DOCE PÃES

PANIFICADORA DOCE PÃES

CHURRASCARIA COME-SE BEM

CHURRASCARIA COME-SE BEM

SENHORINHA GÁS

SENHORINHA GÁS
O GÁS MAIS BARATO DA CIDADE

LOJA D' BRUM

LOJA D' BRUM

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES
CIRURGIÃO DENTISTA DR. FÁBIO LOPES

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

LANCHONETE PATRIOTA

LANCHONETE PATRIOTA

NEGUINHA SALGADOS

NEGUINHA SALGADOS

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

DR. ÉRICO HEBERT

DR. ÉRICO HEBERT

DR. JEFFERSON TÉCIO

DR. JEFFERSON TÉCIO

FRIGORÍFICO JB

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Bebê morre após parto no Hospital de Recife; família culpa demora no atendimento do Hospital de Petrolândia

Velório da criança na quadra 10 de Petrolândia/📹Foto: Reprodução

Um bebê morreu depois do parto no Hospital Agamenon Magalhães em Recife, PE. A família de Francisco Matheus Xavier, pai da criança, acusa o Hospital Municipal de Petrolândia pela demora e negligência durante o atendimento de transferência para a cidade do Recife.

Entenda o caso 

Após a gestante Rosiete Ferreira, mãe do bebê, fazer o acompanhamento de Pré Natal na unidade hospitalar de Petrolândia, foi constatado que a gravidez era de risco devido o bebê ser diagnosticado pelo obstetra com problemas cardíacos. 

Em conversa com a nossa reportagem a avó paterna da criança a Sra. Maria Eunice, 52 anos, residente na Agrovila 01 do Bloco 02, a mesma relata que após a criança ser diagnosticada como Cardiopata a unidade hospitalar de Petrolândia, garantiu que a gestante iria realizar acompanhamento por meio de TFD na cidade de Recife, devido a complexidade da gestação de sua nora, ela afirmou que isso nunca aconteceu, quando foi na manhã desta quarta-feira (14.06), por volta das 10h a gestante deu entrada no pronto socorro do hospital de Petrolândia, em inicio de trabalho de parto permanecendo na unidade até ás 17h, após muita discussão por parte da família e atendes no hospital para que a jovem fosse transferida até a cidade do Recife, visando um melhor acompanhamento médico mais adequado a gestante conseguiu transferência. Chegando a cidade do Recife a jovem em trabalho de parto e se sentindo muito mal foi atendida no Hospital Agamenon Magalhães, tendo realizado um parto normal do bebê mais a criança que era uma linda menina, não resistiu e veio a óbito, na manhã dessa quinta-feira (15.06). 

Ainda segundo a avó paterna do bebê os médicos que atenderam a mãe da criança afirmaram que a complicação do parto foi devido a demora de transferência da gestante e que o caso era necessário um parto cesário de urgência no próprio hospital de Petrolândia já que o bebê já estava 07 meses de idade gestacional. 

O sepultamento sob forte comoção do bebê foi realizado ás 09h00 desta sexta-feira (16.06) no Cemitério Municipal São Francisco de Assis em Petrolândia. 

Por meio de redes sociais (facebook) a avó paterna do bebê também se manifestou veja:





Redação do Blog Petrolândia Notícias
Informações: Maria Eunice Conceição