CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

LOJA FRANCK ELETRO

LOJA FRANCK ELETRO

DRA. ANA CLÁUDIA XAVIER - FISIOTERAPEUTA

DRA. ANA CLÁUDIA XAVIER - FISIOTERAPEUTA

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

Italínea

Italínea
BREVE EM PETROLÂNDIA

PANIFICADORA DOCE PÃES

PANIFICADORA DOCE PÃES

CHURRASCARIA COME-SE BEM

CHURRASCARIA COME-SE BEM

SENHORINHA GÁS

SENHORINHA GÁS
O GÁS MAIS BARATO DA CIDADE

LOJA D' BRUM

LOJA D' BRUM

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES
CIRURGIÃO DENTISTA DR. FÁBIO LOPES

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

LANCHONETE PATRIOTA

LANCHONETE PATRIOTA

NEGUINHA SALGADOS

NEGUINHA SALGADOS

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

DR. ÉRICO HEBERT

DR. ÉRICO HEBERT

DR. JEFFERSON TÉCIO

DR. JEFFERSON TÉCIO

FRIGORÍFICO JB

segunda-feira, 5 de junho de 2017

20 mil peixes são soltos no Rio São Francisco durante ação de peixamento simbólico em Petrolina, PE

Alevinos da espécie 'piau verdadeiro' foram soltos durante a ação. (Foto: Jonas Santos / Prefeitura de Petrolina)

Em referência ao Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado nesta segunda-feira (5), 20 mil peixes foram soltos durante ação de peixamento simbólico do Rio São Francisco, que ocorreu no Círculo Militar, localizado na Orla de Petrolina, no Sertão de Pernambuco. A iniciativa busca auxiliar no processo de revitalização do rio, através do povoamento, do repovoamento e da estocagem de alevinos, peixes recém-saídos do ovo.

Através do aumento do número de peixes, a ação pretende beneficiar o meio ambiente e também a economia local. Os peixes soltos durante a ação são provenientes da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), por meio do Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Bebedouro.

Participaram do peixamento representantes da prefeitura de Petrolina, da Codevasf, do Exército Militar, do Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão – PE), da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), além de pescadores, barqueiros, ambientalistas, alunos de rede municipal e pessoas no local.

Os peixes soltos no rio durante a ação são da espécie 'piau verdadeiro', que é nativa do 'Velho Chico'. O superintendente regional da Codevasf, Aurivalter Cordeiro, ressaltou as vantagens do cultivo da espécie. "O piau é uma espécie de crescimento rápido, sobretudo nos seus doze primeiros meses, e pode ser criado para várias finalidades, como a produção de carne, a pesca esportiva e até a ornamentação", descreveu.

O peixamento simbólico faz parte do programa de ações do projeto de revitalização do Rio São Francisco, o 'Orla Nossa', realizado pela Prefeitura de Petrolina, através da Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA) e da parceria com o Governo do Estado e o IF Sertão – PE.
O projeto também envolve a retirada de baronesas (plantas aquáticas) das margens do Rio São Francisco e a identificação e fechamento de pontos de esgotos clandestinos. Segundo a prefeitura, já foram retiradas 1.400 toneladas de baronesas e 40 toneladas de sedimentos contaminados da margem do rio.

Durante o peixamento simbólico, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, destacou o papel da cidade no processo de revitalização do Rio São Francisco. “Petrolina mais uma vez é pioneira no cuidado ao rio, pioneira nas ideias, no trabalho. Daqui, vamos partir para muito mais resultados da preservação do meio ambiente, do rio e da caatinga”, disse.

Do G1/Petrolina