CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

LOJA FRANCK ELETRO

LOJA FRANCK ELETRO

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

Italínea

Italínea
BREVE EM PETROLÂNDIA

PANIFICADORA DOCE PÃES

PANIFICADORA DOCE PÃES

CHURRASCARIA COME-SE BEM

CHURRASCARIA COME-SE BEM

SENHORINHA GÁS

SENHORINHA GÁS
O GÁS MAIS BARATO DA CIDADE

LOJA D' BRUM

LOJA D' BRUM

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES
CIRURGIÃO DENTISTA DR. FÁBIO LOPES

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

LANCHONETE PATRIOTA

LANCHONETE PATRIOTA

NEGUINHA SALGADOS

NEGUINHA SALGADOS

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

DR. ÉRICO HEBERT

DR. ÉRICO HEBERT

DR. JEFFERSON TÉCIO

DR. JEFFERSON TÉCIO

FRIGORÍFICO JB

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Trabalhadores rurais de Petrolândia e região lotam Alepe em audiência pública sobre reforma da Previdência

Representantes do MST e Adriana Araújo (Representando o Sindicato do Servidores Públicos de Petrolândia-SINSEMP), em frente a ALEPE em Recife/Foto: Divulgação

Adriana Araújo em frente da Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (ALEPE), Foto: Divulgação


Dentro do 6º Grito da Terra PE, a audiência pública sobre a reforma da Previdência e as consequências para o homem e a mulher do campo debateu a questão no plenário principal da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), nesta segunda-feira, 17.04. Entre os participantes estiveram representantes Sindicais e do MST de Petrolândia, que foram em caravana "Dizer não a Reforma da Previdência".

O evento foi proposto pela Comissão Especial da Reforma da Previdência no poder legislativo estadual.

Presente ao debate, o presidente da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura de Pernambuco (Fetape), Doriel Barros, disse que a pauta da audiência integrou esse ato do Grito da Terra PE, tanto na discussão no plenário da Casa Joaquim Nabuco como no evento de rua que levou grande número de participantes até o Palácio do Campos das Princesas, sede do governo estadual.

“Estivemos na Alepe cobrando dos deputados estaduais e federais, senadores, bem como do governador Paulo Câmara, para não aprovarem essa reforma proposta pelo Governo Temer, que não conta com o apoio da categoria, do homem e da mulher trabalhadora rural de Pernambuco”, comentou Doriel.

O senador Humberto Costa (PT), presente no debate, refirmou seu compromisso em discutir no Congresso mudanças no texto da reforma para que as conquistas dos trabalhadores do campo e da cidade não deixem de existir.

“Temos visto que esse governo tem reduzido tudo que for para a maioria da população. A Previdência social é um fator fundamental para a redução das desigualdades, e muitas cidades do interior desenvolvem sua economia muito em função dos trabalhadores rurais. Acabar com isso, como quer esse governo, é uma proposta maldosa e que visa ao aumento das desigualdades”, constatou o senador.

Odacy

Companheiro de partido de Humberto, o deputado estadual Odacy Amorim também esteve discutindo o tema na audiência pública, reafirmando sua posição contrária à reforma proposta pelo Governo Temer. “Já estive em Carpina com a Fetape debatendo o assunto, em Petrolina, na Câmara Municipal, sempre demonstrando nossa posição de não aceitar as mudanças propostas por esse governo para a previdência social. Defendemos manter a idade da aposentadoria rural de 55 para a mulher e 60 o homem, para quem vive da luta na roça a vida toda. Focar também na defesa dos servidores públicos, do trabalhador,  e que sejam ajustes necessários, mas que não se tire do povo e que não apresente essa conta à sociedade”, pontuou Odacy Amorim. 

Fotos: Divulgação/Redação: Blog do Carlos Britto/Alteração no Título e Texto: Alex Santos