CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

terça-feira, 18 de abril de 2017

Sertão de Pernambuco possui 670 poços perfurados, mas não estão sendo utilizados, diz ministro Fernando Filho


Durante evento realizado nesta segunda-feira (17.04), em Petrolina, o ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, afirmou que no Sertão pernambucano há 670 poços com alguma vazão, os quais estão perfurados, georreferenciados por GPS e não estão sendo utilizados.

De acordo com o ministro, o levantamento foi realizado pela Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM) que pertence ao seu Ministério. A empresa é responsável por pesquisar e estudar todo subsolo brasileiro, inclusive os recursos hídricos. Fernando ainda mencionou que o número de poços pode ser bem maior, já que o índice se refere ao ano passado.

O primeiro esforço é para equipar o maior número possível desses poços, além de também buscar no programa de barragens subterrâneas, que foram identificadas em alguns mananciais, quais serão realizados primeiro para atender a necessidade da população levando em consideração as questões técnicas avaliadas pelo CPRM.

“Estou levando muita fé no esforço que a Codevasf e a Secretaria de Agricultura de Petrolina vem fazendo para conseguir implementar uma série de ações para no curto e médio prazo atenuar a situação hídrica que é muito delicada para o nosso rio.”, declarou Filho.

Sobradinho

Segundo Fernando Filho, no ano passado a Barragem de Sobradinho chegou durante esse mesmo período, final do inverno, com 34 a 35% de capacidade e, hoje, estamos com 15 a 17%. “Vamos enfrentar em setembro, outubro, novembro, uma situação de muita dificuldade de escassez de água.”, pontuou.

Por isso, o objetivo do Ministério de Minas e Energia é correr com alternativas como perfurações de poços e de pequenos sistemas de ramificações de abastecimento para minimizar os efeitos da seca, que está sendo enfrentada pelo quinto e sexto ano seguido. “Todos precisam fazer algum esforço para preservar o Rio São Francisco.”, mencionou o ministro.

Via PE Notícias