CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

LOJA FRANCK ELETRO

LOJA FRANCK ELETRO

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

Italínea

Italínea
BREVE EM PETROLÂNDIA

PANIFICADORA DOCE PÃES

PANIFICADORA DOCE PÃES

CHURRASCARIA COME-SE BEM

CHURRASCARIA COME-SE BEM

SENHORINHA GÁS

SENHORINHA GÁS
O GÁS MAIS BARATO DA CIDADE

LOJA D' BRUM

LOJA D' BRUM

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES
CIRURGIÃO DENTISTA DR. FÁBIO LOPES

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

LANCHONETE PATRIOTA

LANCHONETE PATRIOTA

NEGUINHA SALGADOS

NEGUINHA SALGADOS

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

DR. ÉRICO HEBERT

DR. ÉRICO HEBERT

DR. JEFFERSON TÉCIO

DR. JEFFERSON TÉCIO

FRIGORÍFICO JB

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Onça é morta com tiro após atacar gado em fazenda no interior do AM

Animal foi morto com tiro, segundo moradores (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)

Uma onça-pintada foi morta na Zona Rural do município de Carauari, a 787 quilômetros de Manaus. De acordo com moradores da localidade, o animal foi abatido após uma sequência de ataques ao gado de uma fazenda. Ao todo, cinco bois teriam sido mortos pelo felino.

O caso ocorreu no dia 20, em uma área situada a cerca de 15 quilômetros da cidade de Carauari. Segundo moradores, fazendeiros relataram a morte de cabeças de gado e suspeitaram de ataques de onças na região.

A onça - que está em extinção - foi encontrada e morta por um tiro na região do abdômen. O G1 não teve informações do local para onde o animal foi levado após o abate.

A reportagem entrou em contato com o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). O órgão informou que ataques de onças devem ser comunicados ao Instituto, que realiza uma avaliação técnica que pode resultar na realocação do animal e outras medidas para evitar o abate.

Segundo moradores, ataques de onça são comuns na localidade. Em novembro de 2015 uma criança de 1 ano e 9 meses foi atacada enquanto brincada na margem de um rio, em Carauari. A onça se aproximou e deu uma patada na cabeça dela. A mãe da menina tentou defender a filha e também foi mordida pelo animal.

Do G1/AM