CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

LOJA FRANCK ELETRO

LOJA FRANCK ELETRO

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

Italínea

Italínea
BREVE EM PETROLÂNDIA

PANIFICADORA DOCE PÃES

PANIFICADORA DOCE PÃES

CHURRASCARIA COME-SE BEM

CHURRASCARIA COME-SE BEM

SENHORINHA GÁS

SENHORINHA GÁS
O GÁS MAIS BARATO DA CIDADE

LOJA D' BRUM

LOJA D' BRUM

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES
CIRURGIÃO DENTISTA DR. FÁBIO LOPES

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

LANCHONETE PATRIOTA

LANCHONETE PATRIOTA

NEGUINHA SALGADOS

NEGUINHA SALGADOS

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

DR. ÉRICO HEBERT

DR. ÉRICO HEBERT

DR. JEFFERSON TÉCIO

DR. JEFFERSON TÉCIO

FRIGORÍFICO JB

domingo, 23 de abril de 2017

Criança de dois anos morre após ser espancada por padrasto em Petrolina

Foto: Reprodução

Uma criança de 02 anos de idade morreu na manhã deste sábado (22.04) após ser espancada pelo padrasto, um militar, de 19 anos. A violência aconteceu por volta das 22h da sexta-feira (21), na Rua Mandacaru, no bairro Areia Branca em Petrolina, Sertão pernambucano, segundo depoimento do padrasto à Polícia Civil.

O homem contou que agrediu a criança após ver que ela tinha defecado próximo à pia da cozinha. Ao questionar o garoto, deu empurrões e chutes nele e ainda o jogou contra a parede. A criança chegou a bater com a cabeça na parede e desmaiou após as agressões.

O autor da violência, ao perceber o desmaio, saiu correndo com ele nos braços pedindo ajuda a uma vizinha e disse que o menino tinha caído de bicicleta. O homem e a vizinha levaram a criança para o Hospital Universitário (HU). O padrasto continuou afirmando que a criança tinha caído de bicicleta, mas segundo a polícia, a médica que fez o atendimento, estranhou a história e os hematomas e chamou a polícia. Com a chegada do policial, o homem foi interrogado e confessou as agressões. O autor da violência foi preso em flagrante e está no Batalhão do Exército.

O corpo do garoto foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) e a perícia informou que a causa da morte foi por “hemorragia intracraniana, traumatismo cranioencefálico e ação contundente”.

Em nota, o 72 BIMTz informou que “irá instaurar um procedimento administrativo para acompanhar a elucidação do fato e adotar as medidas legais aplicáveis”.

Do G1 Petrolina